“A população precisa compreender como funciona o sistema de saúde”, afirma prefeito durante Conferência Municipal de Saúde

Com apresentação musical do Coral de Irecê e do sanfoneiro Claudinho do Acordeon, além de declamação de poesias de usuários do CAPS (Centro de Assistência Psicossocial), aconteceu, nesta sexta-feira (21), a 6ª Conferência Municipal de Saúde. O tema debatido este ano foi ‘Fortalecimento do SUS (Sistema Único de Saúde) na perspectiva do acesso e na humanização da assistência’.

A iniciativa contou com a participação do prefeito de Irecê, Elmo Vaz, da secretária de Saúde de Irecê, Ana Cacia Dourado, do deputado Federal e doutor em Saúde Pública, Jorge Solla, do diretor Executivo do Conselho de Saúde, Alcides Cavalcante, de secretários municipais, vereadores, além de profissionais da saúde, gestores e população.

Elmo Vaz destacou a saúde dentre as prioridades de gestão e falou sobre o desafio na área, que é realizar uma política educacional. “A população precisa compreender como funciona o Sistema Único de Saúde e qual o papel do município, do estado e da União, para que as pessoas saibam onde buscar ajuda e ter acesso ao serviço de saúde”, disse o prefeito.

O gestor abordou ainda a importância em se ter uma Unidade de Tratamento de Oncologia (Unacon) no município: “Somente em Irecê, mais de 400 pacientes têm que ir a Salvador para realizar o tratamento contra o câncer. Estamos dando os primeiros passos para a instalação de uma Unacon, realizando assim o sonho da população e garantindo o acesso ao tratamento sem precisar sair da cidade”.

Abordando o Fortalecimento do SUS, Jorge Solla, que foi homenageado pela secretária Ana Cácia Dourado com uma placa de honra por sua atuação em Irecê, falou da importância do sistema de saúde para o país. “Somos um dos poucos países no mundo que temos a saúde numa Constituição como direito de todos e dever do estado, e que atende a toda sociedade independente de condição socioeconômica, de onde viva e a que risco de saúde o cidadão está exposto”, explica. “É preciso termos cada vez mais gestões com criatividade, esforço, e que coloque a saúde e o bem-estar social como prioridades no seu governo”, alegou.

Para a secretária de Saúde, Ana Cacia Dourado, a conferência foi o momento de reunir todas as necessidades e prioridades apontadas nas pré-conferências, que foram realizadas entre os dias 10 e 14 de julho, criando estratégias para elaboração do Plano Municipal de Saúde e do PPA (Plano Plurianual).

A 6ª Conferência Municipal contou ainda com apresentações da enfermeira sanitarista Josane Lino, que falou sobre a Humanização na Assistência, e do médico Agostinho Ribeiro, abordando a Atenção Básica. Na ocasião, também foi realizada a 1ª Conferência de Vigilância em Saúde de Irecê, e a posse dos membros do Conselho Municipal de Saúde do município.

 

Administração - 22 de julho - 2017 às 12h52
netools comunicação digital
Prefeitura Municipal de Irecê - Praça Teotônio Marques Dourado Filho, 01 Centro - Irecê-Ba - 2017