População ganhará ouvidorias de Saúde e de Educação, afirma ouvidor Geral durante Seminário realizado pela Prefeitura de Irecê

O auditório do Instituto Federal da Bahia (Ifba) foi palco, nesta sexta-feira (28), do 1º Seminário de Ouvidorias Públicas de Irecê. O evento teve como objetivo incentivar as pessoas a utilizarem a Ouvidoria como instrumento de mudanças, através de reclamações, críticas e elogios referentes às ações do Governo Municipal.
 
Na ocasião, o prefeito Elmo Vaz ressaltou a importância do órgão municipal. “A Ouvidoria é um importante canal de comunicação, permitindo que a sociedade seja efetivamente ouvida”, disse, acrescentando que a população deve participar ativamente das decisões da gestão municipal.
 
Durante o evento, o ouvidor Geral do Município, Fábio Nunes, apresentou dois serviços que serão lançados em breve pela Prefeitura de Irecê: a Ouvidoria da Saúde e a ouvidoria da Educação municipal. “Essas ações funcionarão como um elo entre o povo e a Prefeitura, e devem ser utilizados não somente como um espaço para queixas e demandas, mas também para levar soluções para a população”, explicou.“Antes a população reclamava não ter acesso à gestão municipal. Hoje, isso não acontece mais”.
 
Substituindo a promotora de Justiça, Edna Marcia, o advogado Edivaldo Araujo ministrou palestra sobre a importância das ouvidorias públicas para o controle social, destacando que a Ouvidoria municipal é um elemento extraordinário de democracia. “É algo que funciona efetivamente em Irecê, e não apenas porque a lei obriga”, avaliou. A ouvidora da secretaria de Saúde do Estado, Celurdes Carvalho, também participou do evento. 
Administração - 28 de julho - 2017 às 14h57
netools comunicação digital
Prefeitura Municipal de Irecê - Praça Teotônio Marques Dourado Filho, 01 Centro - Irecê-Ba - 2017